CRISE NA GRECIA.

O governo grego, a União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) chegaram a um acordo neste sábado (1º) sobre o plano de ajuda financeira à Grécia, informou à AFP um funcionário do ministério das Finanças em Atenas. O país vive um 1º de Maio tenso (veja vídeo ao lado).

O primeiro-ministro grego, Giorgos Papandreou, anunciará na manhã deste domingo, no conselho de ministros, os detalhes do acordo obtido para a entrega da ajuda à Grécia, que exige duras medidas de austeridade do país.

Papandreou abrirá a reunião às 06h30 GMT (03h30 no horário de Brasília), com um discurso ao vivo em rede nacional de televisão, segundo fontes do governo.

O ministro grego das Finanças, Giorgos Papaconstantinou, apresentará em seguida as principais medidas de austeridade que o governo grego assumiu em troca do socorro financeiro, revelou a mesma fonte.

Papaconstantinou dará uma entrevista coletiva, às 08h30 GMT (05h30), para revelar detalhes do plano, antes de viajar a Bruxelas, para participar à tarde de uma reunião do Eurogrupo consagrada à ajuda à Grécia.

As negociações, iniciadas em Atenas no dia 21 de abril por representantes da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu (BCE) e do FMI, se estenderam até a noite deste sábado no ministério da Economia, e levaram a um “texto comum que apresenta, de forma detalhada, as medidas e as modalidades da ajuda”, destacou a fonte.

Dia do Trabalho
A Grécia celebra neste sábado um 1º de Maio sob tensão, marcado por violentos choques com a polícia em Tessalônica e na capital Atenas.

Confrontos entre manifestantes e policiais, que usaram gás lacrimogêneo, foram registrados na capital grega no momento em que uma passeata passava diante do ministério das Finanças. Devido a uma greve, os transportes ferroviário e marítimo ficarão paralisados até as 6h locais no domingo, assim como os trens que ligam o aeroporto à cidade de Atenas.

Em Tessalônica, norte da Grécia, a polícia também recorreu a granadas de gás lacrimogêneo para dispersar grupos de jovens ativistas que apedrejavam bancos e lojas da cidade.

Duzentos e cinquenta manifestantes destruíram dois caixas eletrônicos, a vitrine de uma loja de artigos eletrônicos e um carro de luxo, segundo a polícia. Cerca de cinco mil pessoas participaram da passeata na cidade.

~ por leriostyle em maio 2, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: